Chuva ameaça Button e Barrichello na Malásia

quarta-feira, 1 de abril de 2009 11:49 BRT
 

Por Alan Baldwin

KUALA LUMPUR (Reuters) - A chuva pode ser a principal preocupação de Rubens Barrichello e Jenson Button no Grande Prêmio da Malásia do fim de semana, quando os pilotos da Brawn GP tentarão repetir o domínio da primeira corrida da temporada.

Button e Barrichello fizeram uma dobradinha na corrida de domingo passado em Melbourne, levando a equipe ao melhor início de uma escuderia estreante em 55 anos.

São grandes as chances de a dupla voltar a dominar na Malásia.

No entanto, a corrida com início às 17h do horário local pode ser marcada por uma tempestade tropical, o que tornaria a prova uma loteria.

"Meu primeiro pódio (foi na Malásia) e esse é um circuito que eu realmente gosto, muito rápido, e muito divertido de se pilotar", disse Button a repórteres, após sua vitória na Austrália.

"É obviamente difícil por causa da umidade, então vamos esperar para ver. Não sabemos quem será rápido lá, porque é um circuito muito diferente (de Melbourne). Vocês podem dizer que vamos ser competitivos, mas a questão é quem mais estará na frente conosco", acrescentou.

Barrichello, conhecido por sua perícia para pilotar na chuva, acredita que a Ferrari, que teve seu pior início de temporada desde 1992, deve ser uma ameaça na Malásia, onde tem um retrospecto de sucesso.

A escuderia italiana venceu metade das corridas realizadas em Sepang, com Barrichello terminando duas vezes em 2o lugar, e, ao contrário da Brawn, está usando o novo sistema de recuperação de energia cinética (Kers, na sigla em inglês) que aumenta a potência do carro por alguns instantes ao aperto de um botão.

"Acho que na Malásia a corrida será mais apertada", disse Barrichello ao site autosport.com

"A Ferrari com certeza estará mais próxima; a McLaren sempre foi bem lá. Fiquei surpreso com a Red Bull -- então acho que será uma corrida apertada."