Comissão avaliadora do COI faz primeira parada em Chicago

quinta-feira, 2 de abril de 2009 17:37 BRT
 

Por Andrew Stern

CHICAGO (Reuters) - Autoridades de Chicago deram as boas vindas, nesta quinta-feira, aos membros da comissão de avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI), que desembarcam na cidade norte-americana para a primeira parada da viagem pelas quatro concorrentes aos Jogos Olímpicos de 2016.

A comissão, com 13 membros, seguirá um roteiro rigorosamente agendado até terça-feira, incluindo visitas às instalações olímpicas e apresentações dos planos de Chicago para os Jogos, com direito a jantares de luxo. A equipe do COI também fará inspeções sem a companhia de membros da candidatura da cidade.

Após Chicago, a comissão viajará a Tóquio, entre os dias 16 e 19 de abril, o Rio de Janeiro, entre 29 de abril e 2 de maio, e Madri, entre 5 e 8 de maio. Depois, a equipe entregará um relatório de cada concorrente aos membros do COI, que escolherão a cidade-sede dos Jogos de 2016 no dia 2 de outubro, em Copenhague.

Desqualificar as propostas adversárias é um trunfo das concorrentes, mas muitos analistas acreditam que Chicago possui uma vantagem pois o presidente norte-americano, Barack Obama, deve fazer lobby a favor de sua cidade de origem. Além disso, a última vez que os Jogos Olímpicos foram disputados nos EUA foi em 1996, em Atlanta.

Uma desvantagem para a candidatura de Chicago é que sua garantia contra perdas financeiras é coberta pelo governo local, e não o federal, como nas outras cidades.

Autoridades de Chicago disseram que sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos irão gerar 22,5 bilhões de dólares em atividade econômica adicional e milhares de empregos.

Os Jogos de Pequim, em 2008, tiveram lucro de cerca de 16 milhões de dólares, de acordo com seus organizadores. As cidades-sede dos Jogos de Inverno de 2010, Vancouver, e dos Jogos Olímpicos de 2012, Londres, têm tido dificuldades com a falta de financiamento privado devido à crise econômica mundial.