Barrichello troca câmbio e perde 5 posições no grid na Malásia

sexta-feira, 3 de abril de 2009 13:00 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Rubens Barrichello perderá cinco posições no grid de largada do Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1, depois que sua equipe decidiu trocar o câmbio do carro do brasileiro, informou em nota a assessoria de imprensa do piloto da Brawn GP nesta sexta-feira.

A equipe justificou a troca alegando desgaste do equipamento ocorrido durante o Grande Prêmio da Austrália, no último domingo, no qual o brasileiro ficou em segundo lugar. Os treinos classificatórios do GP da Malásia, que definem a classificação oficial, ocorrem no sábado.

Barrichello completou 37 voltas nos treinos livres nesta sexta-feira em Sepang, fechando o dia com o sexto melhor tempo.

"Estava confiante para a classificação, mas fui acolhido por uma notícia não tão boa. Após a prova na Austrália, forçou demais a estrutura do câmbio e a gente teve de trocar e, por isso, eu já sofro com cinco posições de pênalti", disse o brasileiro na nota.

"Mas ainda tem muita coisa pela frente e muita dedicação, pois sou a favor da troca aqui na Austrália por ser uma corrida que traz muitas indecisões, por exemplo, devido à chuva", completou.

Barrichello afirmo que a Brawn trabalhou na sexta-feira na configuração de corrida na escolha de pneus, o que explicaria o sexto e o sétimo melhores tempos obtidos por ele e seu companheiro de equipe, o britânico Jenson Button -- tidos como favoritos neste início de temporada.

"Dificilmente vamos fazer os melhores tempos na sexta, pois sempre andaremos com muita gasolina. Mas trabalhamos bastante no acerto do carro e na avaliação dos pneus. Foi um dia positivo nesse sentido", avaliou.

Nos treinos livres desta sexta-feira, o finlandês Kimi Raikkonen fez o melhor tempo, seguido pelo brasileiro Felipe Massa, seu companheiro de Ferrari. Eles foram seguidos pelos alemães Sebastian Vettel (Red Bull) e Nico Rosberg (Williams). O austríaco Mark Webber (Red Bull) ficou em quinto.

O brasileiro Nelsinho Piquet, da Renault, fez o décimo melhor tempo, cinco posições à frente do companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso.

 
<p>Piloto da Brawn GP Rubens Barrichello no circuito internacional de Sepang. 03/04/2009. REUTERS/Zainal Abd Halim</p>