Adriano irrita o técnico Mourinho com atraso na volta da seleção

sexta-feira, 3 de abril de 2009 15:51 BRT
 

ROMA (Reuters) - O atacante brasileiro Adriano poderá enfrentar a ira do técnico da Inter de Milão, José Mourinho, após outro retorno atrasado ao clube depois de servir à seleção brasileira.

"Adriano não voltou", disse o site do time (www.inter.it) na sexta-feira, após a imprensa afirmar que o jogador perdeu o voo que o levaria de volta a Milão.

O atacante, que ficou na reserva nas partidas em que o Brasil venceu o Peru por 3 x 0 e empatou com o Equador por 1 x 1 pelas eliminatórias para a Copa do Mundo, provavelmente será multado e deixado de fora da equipe da Inter que enfrentará a Udinese no domingo, segundo informações da imprensa.

O jogador de 27 anos deixou Mourinho irritado ao se reapresentar com atraso da pausa de inverno, gesto que foi entendido pelo treinador como falta de comprometimento.

O novo atraso deverá aumentar a especulação sobre o futuro do jogador, após Adriano ter dito nesta semana que decidiria no final da temporada se estenderia seu contrato com os campeões italianos, que vence em junho de 2010.

Uma volta tardia após servir a seleção também foi uma das razões de atritos entre Adriano e o antecessor de Mourinho, Roberto Mancini.

(Reportagem de Paul Virgo)

 
<p>Atacante Adriano da Inter de Mil&atilde;o durante jogo contra o Manchester. 24/02/2009. REUTERS/Alessandro Bianchi</p>