Federer perde o jogo e a calma na semifinal de Miami

sexta-feira, 3 de abril de 2009 18:10 BRT
 

Por Simon Evans

MIAMI (Reuters) - Um mal-humorado Roger Federer atirou sua raquete durante a partida em que foi eliminado pelo sérvio Novak Djokovic (3-6, 6-2 e 6-3), na semifinal do Masters de Miami, na sexta-feira.

Djokovic, terceiro no ranking mundial, fará a final no domingo contra o britânico Andy Murray ou o argentino Juan Martín del Potro.

Depois da eliminação do número 1 Rafael Nadal por Del Potro, na quinta-feira, a torcida local desejava a vitória de Federer, para que pelo menos um dos dois melhores tenistas do mundo disputasse o troféu.

Mas Federer, que cometeu 47 erros não-forçados, não parecia ser o homem que durante tantos anos dominou o esporte.

Depois de vencer o primeiro set em apenas 25 minutos, graças a muitos erros do rival, Federer se apagou. Sob forte vento, o suíço venceu apenas 57 por cento dos pontos em primeiro serviço no segundo set.

No terceiro set, a situação piorou, e Djokovic quebrou o serviço do rival na primeira oportunidade.

Quando perdia de 30-0 no terceiro game do último set, Federer atirou um forehand para fora da quadra e, irritado, jogou a raquete no chão, desfigurando-a totalmente. Foi vaiado.

 
<p>Su&iacute;&ccedil;o Roger Federer durante partida da semifinal do Masters de Miami, nesta sexta-feira, na qual foi derrotado por dois sets a um. REUTERS/Carlos Barria</p>