4 de Abril de 2009 / às 14:02 / em 8 anos

Erro de julgamento atrapalha Massa em Sepang

<p>Piloto brasileiro da Ferrari Felipe Massa no Grande Pr&ecirc;mio da Mal&aacute;sia. 04/04/2009. REUTERS/David Loh</p>

Por John O‘Brien

SEPANG, Malásia (Reuters) - Felipe Massa pagou o preço de um grande erro de julgamento cometido na sessão de classificação disputada neste sábado para o Grande Prêmio da Malásia.

Ele ficou com a 16a. posição no grid de largada.

Massa conquistou a pole position no circuito de Sepang no ano passado, mas qualquer tipo de esperança de repetir o feito para a corrida de domingo foi exterminada quando o piloto e sua equipe acharam que ele tinha sido rápido o suficiente para estar entre os 15 melhores e passar para a segunda sessão do treino de classificação.

A complacência mostrou-se fatal e Massa ficou de fora em razão deste erro de julgamento, e não pôde fazer nada a não ser apenas olhar a partir dos boxes Jenson Button, da Brawn GP, conquistar a segunda pole position consecutiva na temporada.

“E saí para a pista com um novo jogo de pneus macios e depois de conseguir uma melhora na segunda volta, a equipe e eu mesmo achamos que o tempo era suficiente para estarmos entre os 15 melhores”, disse o vice-campeão da temporada passada aos repórteres.

“Quando eu voltei aos boxes, estava em quarto. Permaneci em sétimo por um tempo, mas quando eu comecei a me preparar para sair mais uma vez, já não havia tempo suficiente para fazer mais uma volta.”

MUDANÇA DE TÁTICA

Massa disse que a Ferrari deve mudar sua tática nos treinos de classificação, já que as mudanças desta temporada os deixaram muito mais competitivos que em campeonatos passados, quando um tempo rápido conquistado no início da sessão era suficiente para garantir uma passagem tranqüila para a próxima fase do treino.

“Talvez o passado ainda esteja muito presente em nossas mentes”, acrescentou ele.

“Eram tempos em que era fácil sair e conquistar um bom tempo com pneus duros e então ficar entre os 10 melhores. Agora precisamos usar todos nossos pneus na classificação, e esta parece ser a única maneira de se garantir a ida para a próxima sessão.”

O brasileiro também percebeu que o erro serviu para que a Ferrari acordasse em relação ao que significa realmente para a equipe estar nas últimas posições do grid.

“Depois da primeira corrida (nenhum dos dois carros da Ferrari completou a prova em Melbourne na semana passada) e deste treino de classificação, nós entendemos ainda mais que não estamos competitivos como achávamos que podíamos ser”, disse.

“As outras equipes estão um pouco à frente de nós e não conseguimos ter downforce suficiente para aquecer nossos pneus rapidamente. Então, pode ser que tenhamos de mudar nossa estratégia no futuro.”

“Nesta manhã, eu achei que meu carro estava bom o suficiente para estar entre os cinco melhores do grid, mas agora eu acredito que teria muita sorte caso conseguisse ficar entre os sete mais rápidos”, admitiu.

Sobre a corrida de domingo, Massa espera que a pista esteja molhada, o que melhoraria suas chances de chegar aos pontos.

“A chuva pode ser uma loteria, então pode ser a nossa melhor esperança de conquistar pontos.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below