Adriano tem problemas pessoais e esteve em favela, diz agente

segunda-feira, 6 de abril de 2009 21:14 BRT
 

RIO (Reuters) - O atacante Adriano esteve em uma favela do Rio de Janeiro mas agora encontra-se na casa da família e voltará para a Itália após resolver questões pessoais, disse o representante do jogador, Gilmar Rinaldi, nesta segunda-feira.

"Ele está com problemas particulares, e voltará para a Itália assim que resolver um assunto", declarou Rinaldi a jornalistas.

O agente confirmou que o atacante da Inter de Milão esteve em uma favela do Complexo do Alemão e disse que agora ele está

"em casa, com a mãe e com a família, descansando".

"Ele foi nascido e criado naquela região (Complexo do Alemão). Estou mantendo contatos permanentes com o pessoal da Inter e com a CBF porque ele tem contrato com o clube e é um jogador de seleção brasileira", afirmou o ex-goleiro, que negou envolvimento do jogador com drogas.

Adriano estava desaparecido desde a semana passada, quando estava no grupo da seleção brasileira que participou dos jogos contra Equador e Peru pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Em nota na noite de domingo, a Confederação Brasileira de Futebol disse que o atacante estava com sua família no Rio de Janeiro e que tem mantido contatos permanentes com a comissão técnica da seleção.

Desde o seu desaparecimento, surgiram vários rumores sobre o paradeiro de Adriano. "Diferentemente das versões e boatos que correm --e que não são verdadeiros-- reitera-se, portanto, que Adriano está no Rio de Janeiro, com a sua família", informou a CBF na nota.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 
<p>Jogador Adriano no treinamento do jogo da sele&ccedil;&atilde;o em Porto Alegre. 30/03/2009. REUTERS/Sergio Moraes</p>