Liga chinesa de basquete aplica multas recordes após briga em jogo

sábado, 11 de abril de 2009 11:23 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A organização do basquetebol chinês aplicou uma multa recorde de 330 mil yuans (cerca de 48.290 dólares) a dois clubes e cinco jogadores por uma briga durante uma disputa de playoff no final de semana passado.

A iniciativa de estimular um maior contato no esporte resultou em um aumento na violência nas quadras e mais multas do organismo responsável pela modalidade, dizem as autoridades.

O estilo sem contato que anteriormente prevalecia na liga era criticado por produzir jogadores sem fibra suficiente para atuar no exterior.

Os cinco jogadores foram afastados por um período de dois a cinco jogos e multados entre 20 e 60 mil yuans, enquanto outros cinco receberam advertências, declarou a Associação Chinesa de Basquetebol (CBA).

O campeão Guangdong Tigers foi multado em 50 mil yuans e seu adversário Shandong Gold recebeu a mesma penalidade.

"O comitê disciplinar não vê o incidente como um 'confronto grave', mas mesmo assim teve um efeito negativo enorme na liga", disse um relatório que investiga o incidente no site da associação.

O Shandong Gold perdeu o jogo em casa por 126 a 79 e foi eliminado das quartas-de-final da liga por 3 jogos a zero.

Uma falta de um jogador do Guangdong Tigers deu início ao incidente no final do jogo de domingo passado. Dois jogadores do Shandong Gold, expulsos mas tarde, voltaram à quadra com sete reservas e um jogador estrangeiro do Guangdong Tigers.

A maioria dos jogadores foi contida antes de chegar a agir, acrescenta o relatório, exceto por dois adversários, que receberam as maiores multas, de 60 mil e 50 mil yuans, por seu papel na escaramuça.

(Reportagem de Liu Zhen e Nick Mulvenney)