April 11, 2009 / 3:13 PM / 8 years ago

Liverpool derrota o Blackburn por 4 x 0 com dois gols de Torres

3 Min, DE LEITURA

<p>Fernando Torres (direita) comemora com Yossi Benayoun ap&oacute;s marcar o segundo gol contra o Blackburn Rovers em partida emocionante.Phil Noble</p>

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - Fernando Torres marcou dois gols e Daniel Agger e David Ngog conferiram outros dois na surra de 4x0 do Liverpool sobre um apático Blackburn Rovers neste sábado, em uma partida carregada de emoção.

A vitória devolveu o Liverpool à liderança com 70 pontos. O time está dois pontos adiante do Manchester United, que enfrenta o Sunderland neste sábado. O Chelsea, que encara o Bolton Wanderers no mesmo horário, está em terceiro com 64 pontos.

O confronto entre Liverpool e Blackburn foi precedido de um minuto de silêncio pelas 96 vítimas do desastre de Hillsborough, que completa vinte anos na próxima quarta-feira, e o defensor do Blackburn e ex-Liverpool Stephen Warnock ofereceu uma coroa de flores como homenagem.

No acidente, quase uma centena de torcedores morreram esmagada devido à superlotação do estádio Hillsborough durante uma partida entre Nottingham Forest e Liverpool.

Após o drama da semana passada, quando Yossi Benayoun marcou na prorrogação e derrotou o Fulham por 1 x 0, a partida deste sábado foi um passeio no parque para o Liverpool, abalado com a derrota de 3 x 1 para o Chelsea pela Liga dos Campeões no meio da semana.

O time tomou a dianteira com brilho aos cinco minutos, quando Jamie Carragher mandou uma bola alta no gol e Torres a matou no peito antes de disparar um petardo no canto superior.

Torres, Javier Mascherano e Dirk Kuyt se depararam com as defesas espetaculares do goleiro Paul Robinson, sem as quais teriam marcado. Mas o espanhol voltou a conferir aos 33 minutos, quando cabeceou para aproveitar uma cobrança de falta de Xabi Alonso.

O Blackburn, assolado por contusões, mal ameaçou o Liverpool, que também passeou no segundo tempo.

Steven Gerrard, recuperando-se de uma contusão na virilha, estava no banco, mas Rafa Benitez atuou e garantiu sua disponibilidade para a partida de terça-feira pela Liga dos Campeões contra o Chelsea.

O jogo terminou com grande movimentação, quando Agger disparou um tiro de 25 metros fora do alcance de Robinson a sete minutos do apito e Ngog saiu do banco para marcar o quarto e último gol no minuto final.

"É muito positivo, precisávamos jogar bem e marcar gols", disse Benitez ao canal de tevê Sky Sports. "Não sofremos gols e fiquei satisfeito por termos feito quatro, mas poderia ter sido melhor, já que perdemos chances nos dois tempos."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below