Empate com a Juve prova que a Inter é a melhor, diz Mourinho

sábado, 18 de abril de 2009 20:26 BRT
 

Por Mark Meadows

TURIM, Itália (Reuters) - O disputado empate por 1 x 1 entre a Inter de Milão fora de casa com a Juventus, segunda colocada no Campeonato Italiano, não garantiu o título da temporada para a líder, mas deixou o técnico José Mourinho bastante satisfeito.

Seus jogadores, ainda que não tenham sido excepcionais, estiveram à altura dos rivais, muito em razão da superioridade física, e houve muitos momentos em que parecia estar muito próxima a tão desejada vitória, que selaria a conquista de um quarto título virtualmente ganho.

A diferença de 10 pontos, com seis jogos a serem disputados, deixa claro que o triunfo da Inter é apenas uma questão de tempo, mas Mourinho, em sua primeira temporada no comando do time de Milão, segue em cima de seus jogadores, brigando para que eles mantenham o alto padrão de rendimento.

"Eu gosto de jogar no estádio de um clube histórico, empatar com ele e ver todo o prazer que um time que pode voltar para casa com uma vantagem de 10 pontos", disse Mourinho aos repórteres.

"A Inter mostrou hoje por que estamos no topo da tabela, por que somos os melhores, por que somos os mais fortes."

A Juve, que teve Tiago expulso aos 30 do segundo tempo, empatou já nos descontos, quando Zdenek Grygera, de cabeça, anulou a vantagem que Mario Balotelli tinha conseguido aos 19 minutos da segunda etapa.

"Com o gol, nós marcamos todos eles, menos Grygera, que apareceu como um jogador extra deles no meio da area", acrescentou Mourinho. "O jogo, no entanto, estava sob nosso controle. O prazer da Juve ao fim do jogo é uma grande demonstração do respeito deles por nós."

Assim que o scudetto for garantido, Mourinho irá tentar trabalhar para transferir esse domínio que consegue no Campeonato Italiano para as competições europeias.   Continuação...

 
<p>O disputado empate por 1 x 1 entre a Inter de Mil&atilde;o fora de casa com a Juventus, segunda colocada no Campeonato Italiano, n&atilde;o garantiu o t&iacute;tulo da temporada para a l&iacute;der, mas deixou o t&eacute;cnico Jos&eacute; Mourinho bastante satisfeito. REUTERS/Alessandro Garofalo (ITALY SPORT SOCCER)</p>