Fabricante Lola considera entrar na Fórmula 1 em 2010

quarta-feira, 22 de abril de 2009 17:44 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A fabricante Lola está considerando a possibilidade de entrar no campeonato de Fórmula 1 no ano que vem, num momento em que a modalidade vem agindo para cortar seus gastos, informou a empresa britânica nesta quarta-feira.

"O Grupo Lola iniciou um grande projeto que envolve uma completa avaliação técnica, operacional e financeira com o objetivo de desenvolver um carro para competir no campeonato de Fórmula 1", disse a empresa em seu site na Internet.

A Lola desenvolveu chassis para várias escuderias de Fórmula 1 desde os anos 1960, antes de fazer uma tentativa fracassada de lançar-se como uma equipe, em 1997.

"O anúncio de que os times da Fórmula 1 podem optar por um regime de gastos mais prudente e responsável financeiramente para 2010 resultou em decidirmos avaliar a oportunidade de desenvolver um carro (da Fórmula 1)", disse o diretor-executivo, Martin Birrane.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA), órgão que controla a Fórmula 1, disse no mês passado querer que as equipes possam competir com um orçamento anual de cerca de 43,71 milhões de dólares.

A Lola disse ter nomeado um chefe de equipe e designou seus melhores engenheiros para o projeto de Fórmula 1 e que poderia fazer um lançamento formal nas próximas semanas.

"A Lola está extremamente bem posicionada para responder rapidamente a esta oportunidade".

(Reportagem de Alan Baldwin em Barein)