26 de Abril de 2009 / às 13:50 / 8 anos atrás

Button amplia vantagem no campeonato com vitória no Barein

<p>Piloto da Brawn GP Jason Button ergue a ta&ccedil;a do GP do Barein, disputado neste domingo. Barrichello foi o 5o. REUTERS/Steve Crisp</p>

Por Alan Baldwin

MANAMA (Reuters) - O britânico Jenson Button venceu o Grande Prêmio do Barein neste domingo, obtendo a terceira vitória em quatro provas na escuderia novata Brawn GP.

O êxito do piloto de 29 anos acabou com a esperança da Toyota, com seus dois carros na primeira fila do grid de largada, de conseguir a primeira vitória na temporada.

O alemão Sebastian Vettel chegou em segundo lugar com sua Red Bull e o italiano Jarno Trulli foi terceiro pela Toyota depois de largar na pole position.

Button, que soma quatro vitórias na carreira, agora tem 31 pontos, enquanto seu companheiro de equipe Rubens Barrichello soma 19 e Vettel acumula 18 pontos.

“Conseguir essa vitória a esta altura do campeonato me deixa felicíssimo”, disse o britânico, que ultrapassou Lewis Hamilton na segunda volta depois de ser deixado para trás pelo compatriota da McLaren.

“Essa ultrapassagem definiu a minha corrida”, acrescentou. “Tive que me segurar ali e consegui.”

Trulli parecia desanimado: “Estou um pouco decepcionado porque contava com uma vitória para a Toyota”, afirmou o italiano. “Vamos esperar e lutar novamente na próxima corrida.”

A Ferrari, enfim, pontuou graças ao campeão de 2007 Kimi Raikkonen, que cruzou em sexto e computou os primeiros pontos para a escuderia italiana.

HAMILTON EM QUARTO

Lewis Hamilton, campeão no ano passado com a McLaren, que pode receber uma dura punição em uma audiência em Paris na quarta-feira por ter mentido aos fiscais de prova no GP da Austrália, chegou na quarta colocação depois de uma largada agressiva.

Barrichello foi quinto, à frente de Raikkonen, e Timo Glock cruzou em sétimo com sua Toyota. O bicampeão Fernando Alonso conseguiu o último ponto para a Renault.

Glock, com menos combustível que seu companheiro de equipe, fez a largada mais rápida e liderou nas dez primeiras voltas, quando teve que ir para os boxes e cedeu a dianteira a Trulli.

Button tomou a liderança pela primeira vez na 13a volta, deixando Vettel e, em seguida, Raikkonen ocupar seu lugar brevemente ao ir para os boxes, mas assumiu o controle da prova em definitivo no terço final da corrida.

“Vamos voltar à Europa com uma ótima pontuação e repetir a dose em Barcelona”, disse Button, que largou em quarto, depois de cruzar a bandeira quadriculada e socar o ar em comemoração.

O GP da Espanha acontece em 10 de maio.

A BMW-Sauber, que esperava disputar o título nesta temporada, fez uma corrida lastimável no circuito onde, no ano passado, obteve a primeira pole position com o polonês Robert Kubica. Seus dois carros ficaram uma volta atrás do resto, pouco depois da metade da prova, com Kubica terminando em 18o e o alemão Nick Heldfeld em 19o.

O piloto japonês Kazuki Nakajima, da Williams, foi o único que saiu da corrida.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below