Times mexicanos jogarão partidas da Libertadores na Colômbia

quinta-feira, 30 de abril de 2009 15:49 BRT
 

ASSUNÇÃO (Reuters) - As equipes mexicanas que disputam a Copa Libertadores da América jogarão na Colômbia suas partidas como mandante devido ao surto de gripe suína no México, disse nesta quinta-feira a Confederação Sul-Americana de Futebol.

A entidade, que havia consultado as associações de futebol no continente sobre como proceder ante o avanço da doença no México, determinou que as equipes San Luis e Chivas disputem suas partidas como mandante pelas oitavas-de-final em Bogotá, disse o porta-voz da Conmebol, Néstor Benítez.

"Será no dia 6 de maio, em uma rodada de duas partidas, no estádio El Campín. Essa é a determinação adotada... em relação à participação das equipes do México", disse Benítez à emissora de rádio Primero de Marzo.

A determinação é válida somente para a fase de oitavas-de-final, disse a Conmebol em um comunicado em que justificou a medida "diante das contingências sanitárias existentes no México... que estão causando temor internacional".

O organismo recebeu uma carta da Associação Uruguaia de Futebol que comunicava a recusa dos clubes Defensor Sporting e Nacional de viajar ao México, onde a gripe suína provocou a morte de até 176 pessoas.

"Estamos recebendo outras respostas, mas temos que entender que a situação é lamentável e se agrava", acrescentou Benítez.

O México determinou que todas as partidas de futebol do país sejam disputadas com portões fechados para evitar aglomerações que possam disseminar o novo vírus.

O Chivas de Guadalajara foi o segundo colocado do Grupo 6 da Copa Libertadores, e seu rival pode ser o Sport Recife, que se classificou em primeiro lugar no Grupo 1.

O San Luis ficou em segundo no Grupo 8, e pode enfrentar o São Paulo, primeiro classificado do Grupo 4.

Os confrontos podem ser alterados dependendo dos jogos da última rodada da fase de grupos, nesta quinta-feira.

(Reportagem de Daniela Desantis)