Gol no último minuto tira vitória da Juve contra o Lecce

domingo, 3 de maio de 2009 14:10 BRT
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - A Juventus não conseguiu a sua quinta vitória consecutiva no Campeonato Italiano porque o Jose Castillo marcou já no fim dos acréscimos do segundo tempo para dar a um Lecce ameaçado pelo rebaixamento o gol que decretou o empate por 2 x 2 neste domingo.

O ala tcheco Pavel Nedved, que deve se aposentar ao final desta temporada, marcou duas vezes para ajudar a Juve, terceira colocada, a virar o jogo. Mas agora o time está 11 pontos atrás da líder Inter de Milão, a quatro partidas do fim do campeonato.

O Milan, em segundo na tabela e que receberá a Juve no próximo domingo, está sete pontos atrás de seu rival milanês, depois que Fillipo Inzaghi, em ótima forma, marcou um gol em cada tempo para conquistar a vitória por 2 x 0 fora de casa sobre o Catania.

A Inter poderá garantir seu quarto scudetto consecutivo se vencer o Chievo no próximo domingo e a Juve bater o Milan.

As chances de uma vitória da Juve em San Siro parecem remotas, como pode se deduzir por mais este jogo nervoso que o time de Claudio Ranieri fez contra o Lecce.

O jogo em Turim esteve ameaçado de ser disputado com portões fechados, em razão de cantos racistas de torcedores do time contra a Inter no mês passado, mas a Juve conseguiu uma suspensão temporária da punição.

No entanto, os torcedores da Juve aproveitaram a ocasião para protestar contra Ranieri e a direção do clube, com intensidade ainda maior depois de Axel Konan colocar o Lecce à frente aos 11 minutos do primeiro tempo, mesmo com a aparente sensação de impedimento.

VITÓRIA DA FORENTINA   Continuação...

 
<p>Pavel Nedved, do Juventus, domina a bola em partida contra o Lece. O jogador, que deve se aposentar ao final desta temporada, marcou dois gols e ajudou a Juve a virar o jogo. REUTERS/Alessandro Garofalo</p>