Ronaldo é campeão paulista com o Corinthians

domingo, 3 de maio de 2009 18:44 BRT
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - Dois meses após retornar aos gramados, o atacante Ronaldo conquistou neste domingo o título do Campeonato Paulista com o Corinthians, coroando uma trajetória meteórica com a camisa alvinegra.

Com oito gols em dez partidas, o jogador de 32 anos teve participação importante no 26o troféu estadual do Corinthians e já é ídolo da torcida. Num estádio do Pacaembu lotado, Ronaldo foi aplaudido de pé depois do empate em 1 x 1 com o Santos.

"Com esse título, todo trabalho realizado, isso é a grande recompensa", disse Ronaldo, que teve que ser retirado do campo devido à grande aglomeração de pessoas. "Eu queria comemorar, mas vocês não estão deixando", acrescentou ele, cercado de repórteres.

Corinthians e Santos jogaram sob os olhares do técnico Dunga, da seleção brasileira, porém Ronaldo prefere ser cauteloso sobre uma possível volta. "Seleção vai ser consequência, tenho que pensar no Corinthians. Se voltar à seleção, serei grato porque sou um soldado brasileiro a serviço da seleção."

Na partida deste domingo, o atacante Kléber Pereira abriu o placar para o time do litoral, de pênalti, e o lateral André Santos empatou ainda antes do intervalo. Com o resultado, o time do Parque São Jorge levou o título de forma invicta.

No primeiro jogo da final, na Vila Belmiro, Ronaldo, ex-atacante de PSV, Barcelona, Inter de Milão, Real Madrid e Milan, fez dois bonitos gols na vitória de 3 x 1, o que garantiu uma boa vantagem ao Corinthians na partida decisiva, na qual teve participação discreta.

Ronaldo fez seu primeiro jogo no Paulista no dia 8 de março diante do Palmeiras e marcou logo na estreia o gol de empate em 1 x 1 aos 48 minutos do segundo tempo. Na comemoração, ele subiu no alambrado, que caiu depois que alguns torcedores fizeram o mesmo.

Aquele foi o primeiro gol do atacante desde a volta aos campos após passar por uma cirurgia no joelho esquerdo em fevereiro de 2008, quando atuava pelo Milan. Seu retorno ao futebol era duvidoso ---ele mesmo admitiu que pensou em parar.   Continuação...

 
<p>Ronaldo, campe&atilde;o paulista com o Corinthians, recebe passe durante partida contra o Santos no Pacaembu. 3/5/2009 REUTERS/Junior Lago</p>