Equipes da F1 querem conversa urgente sobre regras de 2010

quarta-feira, 6 de maio de 2009 18:40 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As equipes da Fórmula 1 expressaram preocupação com as mudanças de regra da categoria para a próxima temporada, incluindo a proposta de um teto orçamentário, e desejam uma conversa urgente com a Federação Internacional de Automobilismo.

A Associação das Equipes de Fórmula 1 (Fota) reuniu-se em Londres nesta quarta-feira para discutir o regulamento de 2010 anunciado pela FIA e também os progressos das negociações para um novo acordo comercial.

"A Fota tem preocupações com as decisões tomadas pelo WMSC (sigla em inglês para conselho mundial de automobilismo) sobre os regulamentos de 2010 e solicita que sejam iniciadas consultas urgentes com a FIA", disse a entidade em comunicado.

As equipes também concordaram em continuar trabalhando juntas "de forma metódica" para definir futuras reduções de custos para o próximo ano e 2011.

A FIA anunciou na semana passada que as equipes que aceitassem competir com um teto orçamentário de 40 milhões de libras (60,32 milhões de dólares) receberiam uma liberdade técnica maior do que as escuderias sem limites de gastos.

As novas regras também determinam que o campeão do Mundial de pilotos de 2010 será o corredor que conquistar o maior número de vitórias, e não aquele que somar mais pontos. Essa mesma proposta foi cancelada este ano pela FIA após protesto das equipes.

(Reportagem de Alan Baldwin)