Barrichello não tem tido sorte nesta temporada, diz Brawn

sexta-feira, 8 de maio de 2009 15:43 BRT
 

Por Alan Baldwin

BARCELONA (Reuters) - O piloto Rubens Barrichello não tem tido sorte nesta temporada mas ainda tem o necessário para ser um dos favoritos da Fórmula 1, disse o chefe de sua equipe, Ross Brawn, nesta sexta-feira.

O brasileiro de 36 anos, o mais velho entre os pilotos da atual temporada, chegou ao pódio em apenas uma das quatro corridas enquanto seu companheiro da Brawn GP, Jenson Button, venceu três e foi o terceiro em outra.

Barrichello é o segundo no campeonato, 12 pontos atrás do britânico e um a frente do jovem alemão Sebastian Vettel, da Red Bull.

"Acho que Rubens tem tido um pouco de azar", disse Brawn, ex-diretor técnico da Ferrari que trabalhou com o brasileiro quando Barrichello era companheiro de equipe de Michael Schumacher na escuderia italiana, em coletiva de imprensa na Espanha.

"Sei que sorte não deveria interferir nisso, mas creio que na China ele parecia estar bem forte, na verdade provavelmente para uma corrida seca ele estava em melhor condição que Jenson."

Barrichello foi o quinto no Barein, após o quarto lugar na China e quinto na Malásia.

"Estou satisfeito com a performance de Rubens neste ano. Ele tem contribuído em muitas coisas com a equipe, ajudando a desenvolver o carro", disse Brawn, cujo carro de motor Mercedes foi criado dos restos da antiga equipe Honda algumas semanas antes do início da temporada, em março.

"Ele fornece informação técnica valiosa", disse Brawn. "Jenson está fazendo um trabalho excelente, então ele é a referência, mas estou feliz com a performance de Rubens e estou certo de que se tivermos um fim de semana tranquilo ele estará lá na frente."

 
<p>Rubens Barrichello, da Brawn GP, se prepara para treino livre da F1 nesta sexta-feira na Espanha. 08/05/2009 REUTERS/Dani Cardona</p>