Tevez se diz pronto para deixar o Manchester United

domingo, 10 de maio de 2009 13:11 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O atacante Carlos Tevez, do Manchester United, afirmou que espera deixar o clube no final desta temporada porque ele não é desejado no Old Trafford.

O período de empréstimo do argentino termina ao final da campanha e o atacante tem estado frustrado por começar vários jogos no banco de reservas.

"Não acredito que serei jogador do Manchester United na próxima temporada", afirmou Tevez ao jornal News of the World.

"Não me sinto desejado. Me sinto mal sobre minha situação. É muito, muito difícil permanecer mais tempo. Acho que o que estou dizendo é adeus."

Tevez, que se juntou ao Manchester United em 2007, vindo do West Ham, marcou 19 gols em 39 partidas pelo Manchester United, nas campanhas vitoriosas do Campeonato Inglês e Liga dos Campeões da temporada passada.

Apesar de ter atuado em 32 partidas e de ter marcado 13 gols até o momento na atual campanha, Tevez afirmou que o Manchester United não fez oferta alguma para tornar seu empréstimo permanente.

"Eu tenho feito tudo que eu poderia fazer mas eles nunca me fizeram uma oferta ou me deram um contrato, então eu tenho que partir. Não acho que eu deveria estar nessa situação mas você tem que perceber que quando seu tempo acabou, é hora de partir", acrescentou ele.

"Os torcedores me tratam como família, mas o Manchester United não assinou comigo então eles não me respeitam como jogador de futebol."

A empresa MSI, do empresário iraniano Kia Joorabchian, detém os direitos sobre Tevez.