Equipes aguardam encontro com Mosley antes do GP de Mônaco

domingo, 10 de maio de 2009 14:04 BRT
 

Por Alan Baldwin

BARCELONA (Reuters) - As equipes de Fórmula 1 esperam se reunir com Max Mosley nos próximos 10 dias para discutir com o chefe da entidade máxima da categoria sobre as novas regras para 2010, que elas consideram inaceitáveis.

"Entre Luca di Montezemolo (presidente da Ferrari) e Max Mosley já está mais ou menos acordado um encontro pelo menos na próxima semana ou logo no início da semana seguinte", afirmou o presidente da Toyota, John Howett, durante o GP da Espanha.

A próxima corrida após a Espanha é o Grande Prêmio de Mônaco, no dia 24 de maio, e Mosley, que cancelou sua planejada ida à Espanha depois que seu filho morreu na semana passada, mora no principado mediterrâneo.

A Associação das Equipes de Fórmula 1, da qual Montezemolo é diretor, convocou 'consultas urgentes' à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) depois do encontro da semana passada em Londres.

As regras para 2010 publicadas na semana passada incluem um teto de custeio opcional de 58,64 milhões de dólares que permitirá mais liberdade às equipes que aceitarem do que às que permanecerem com orçamentos ilimitados.

Montezemolo tem afirmado que a idéia criaria duas divisões na Fórmula 1 que poderia ser "fundamentalmente injusto e talvez até mesmo prejudicial" enquanto que Howett afirmou no sábado que a Toyota não entraria num campeonato sob tais regras.

Howett, diretor da Associação das Equipes de Fórmula 1 na ausência de Montezemolo, tem um longo e por vezes animado encontro com o chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, no motorhome da Toyota no domingo, juntamente com Donald Mackenzie, co-fundador da CVC, detentora dos direitos comerciais da Fórmula 1.

As equipes se reuniram na parte da manhã no circuito da Catalunha.

"Tivemos um encontro construtivo com a Associação das Equipes de Fórmula 1 esta manhã, eu acho, dando continuidade à próxima fase do que gostaríamos de ver em termos de redução de custos," afirmou Howett.

"O encontro de hoje foi mais sobre a continuidade do processo que nós atingimos este ano, conseguimos uma redução de 35 a 40 por cento nos custos e penso que o espetáculo é tão bom quanto sempre foi", acrescentou.

 
<p>As equipes de F&oacute;rmula 1 esperam se reunir com Max Mosley nos pr&oacute;ximos 10 dias para discutir com o chefe da entidade m&aacute;xima da categoria sobre as novas regras para 2010, que elas consideram inaceit&aacute;veis. REUTERS/Andrew Winning/Files</p>