Uefa critica comportamento de Drogba contra Barcelona

domingo, 10 de maio de 2009 15:10 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O secretário geral da Uefa, David Taylor, condenou o comportamento do atacante Didier Drogba, do Chelsea, ao final da semifinal da Liga dos Campeões contra o Barcelona.

O jogador da Costa do Marfim xingou na direção de uma câmera de televisão que estava ao vivo depois que o juiz norueguês Tom Henning Ovrebo não deu quatro pênaltis pedidos pelo Chelsea durante o empate de 1 x 1 que eliminou o time inglês.

"Eu já vi comportamento pior em alguns campos de futebol amador na Escócia", afirmou Taylor ao programa Sportsweek, da BBC Radio 5, neste domingo.

"Mas não foi algo agradável de se ver e não é o tipo de exemplo que você quer. As pessoas têm falado sobre campanhas de respeito, a Uefa tem uma campanha sobre respeito e a liga inglesa também tem uma. Nós trabalhamos juntos e isso vai contra todos esses esforços."

Drogba se desculpou publicamente na quinta-feira, mas isso não teve muito efeito com Taylor.

"Eu fiquei feliz de ver ele se desculpar publicamente... mas não se pode apagar tudo com uma desculpa no dia seguinte. Nós, como autoridades da competição, teremos que discutir o assunto e é isso que faremos."

Taylor não especulou sobre a punição que Drogba poderá sofrer e afirmou que a decisão pode ser tomada apenas nas próximas semanas.

"Estamos juntando todas as evidências... esperamos agir em termos de investigar alguns procedimentos disciplinares mas em relação ao fato, temos que juntar todas as evidências primeiro", disse.

Taylor também afirmou ser pouco provável que o meio-campo Darren Fletcher, do Manchester United, seja autorizado a jogar na final da Liga dos Campeões depois de ter sido expulso contra o Arsenal, na quinta-feira. O Manchester entrou com um recurso contra o cartão vermelho.   Continuação...