Hamilton pode olhar para Mônaco com esperança, diz McLaren

segunda-feira, 11 de maio de 2009 13:50 BRT
 

Por Alan Baldwin

BARCELONA (Reuters) - Lewis Hamilton pode olhar com esperança para o Grande Prêmio de Mônaco da próxima semana, apesar do resultado ruim alcançado pela equipe na Espanha no domingo, de acordo com o chefe da equipe, Martin Whitmarsh.

Hamilton venceu em Mônaco no ano passado, em seu caminho para se tornar o mais jovem campeão mundial da F1, mas um carro ruim este ano permitiu ao britânico de 24 anos somar apenas nove pontos nas cinco primeiras corridas.

Ele saiu da última posição após a primeira volta para terminar em nono no circuito da Catalunha, em uma corrida dominada pelo compatriota Jenson Button e sua Brawn GP.

Whitmarsh havia afirmado antes da corrida na Espanha que a prova seria a pior para a equipe na temporada, e lembrou isso depois do GP.

"Eu disso isso e realmente acredito, e espero que esse seja o caso", disse ele a repórteres.

"Depois de termos chegado perto do pódio no Bahrein, sabíamos onde estávamos. Esse seria um fim de semana difícil."

"Mônaco será diferente, e seremos fortes. Ainda temos trabalho a fazer, não será mágica, mas com certeza vamos ser mais fortes lá e vamos continuar trabalhando para melhorar o carro."

Hamilton venceu em Hamilton em 2008, apesar da primeira fila formada pela Ferrari no grid, e foi segundo em 2007, no seu primeiro ano da F1, atrás do então companheiro de equipe Fernando Alonso.

"Mônaco é um circuito que vai se encaixar bem com a gente, e temos grande pilotos", disse ele. "Lewis é mega lá."

 
<p>Piloto da McLaren Lewis Hamilton nos boxes do circuito da Catalunha, durante treino livre para o GP da Espanha. 09/05/2009. REUTERS/Albert Gea</p>