Emocionado, Tevez coloca seu futuro no United em dúvida

sábado, 16 de maio de 2009 14:27 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Carlos Tevez recebeu sua segunda medalha de campeão do Campeonato Inglês jogando pelo Manchester United neste sábado, mas parecia estar se despedindo dos torcedores no Old Trafford quando foi substituído durante o empate em 0 x 0 com o Arsenal.

O atacante argentino, que na semana passada teria dito que quer deixar o clube por não começar como titular em grandes jogos o suficiente, fez saudações em todas as direções e recebeu uma salva de palmas da torcida.

Vaias soaram quando o técnico Alex Ferguson resolver sacar o atacante, que marcou um belíssimo gol no meio da semana, na vitória sobre o Wigan Athletic, aos 21 minutos do segundo tempo do empate que assegurou o título ao Manchester.

Após o jogo, quando questionado se estava se despedindo da torcida quando deixou o campo, um Tevez emocionado disse à Sky Sports: "Talvez seja o adeus, talvez."

"Eu gosto tanto dos torcedores. Obrigado a vocês. Isto é muito difícil para mim", acrescentou ele, quando questionado se estava chorando quando sentou-se no banco. Perguntado novamente se ele gostaria de seguir no clube, ele respondeu: "Muito difícil."

O contrato de empréstimo por dois anos de Tevez termina no fim da temporada, e vem sendo dito que o United não pretende pagar o dinheiro necessário para a compra dos direitos do jogador. Nesta semana, seu empresário Kia Jooracchian, que comanda um grupo de investidores que detém os direitos econômicos de Tevez, disse que não há uma proposta do United pelo jogador.

Ferguson disse que substituiu Tevez porque o jogador estava cansado depois de jogar o tempo todo como único homem de ataque.

"O garoto sabe que nós queremos que ele fique", disse Ferguson à Sky Sports. "Nós só precisávamos de um pouco de sangue novo na frente, não há nada além disso, para ser honesto com você."

Joorabchian disse nesta semana que Tevez quer continuar no Campeonato Inglês. "Se não for no Manchester United, terá de ser em um clube que tenha grandes ambições, disse o empresário iraniano à estação de rádio Talk Sport.

"Eu suspeito que em algum ponto entre 28 de maio e primeiro de julho nós teremos analisado todas as ofertas, sejam elas do Manchester United ou de outros clubes, e então tomaremos uma decisão."

 
<p>Foto de arquivo do argentino Carlos Tevez smiles em Buenos Aires. 26/03/2009. REUTERS/Enrique Marcarian</p>