May 19, 2009 / 2:41 PM / 8 years ago

Juventus confirma volta de Cannavaro e ainda negocia Diego

3 Min, DE LEITURA

<p>Meia Diego, do Werder Bremen, comemora gol marcado na Copa da Alemanha contra o Wolfsburg, em mar&ccedil;o.Hannibal Hanschke</p>

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - O capitão da seleção italiana, Fabio Cannavaro, vai voltar à Juventus no dia 1o de julho apesar de muitos torcedores serem contra o retorno do zagueiro, que trocou a Juve pelo Real Madrid em 2006.

O clube italiano, que também está interessado em contratar o meia brasileiro Diego, do Werder Bremen, disse em comunicado nesta terça-feira que Cannavaro, de 35 anos, assinou contrato por uma temporada após o fim de seu acordo com o Real.

Torcedores da Juve criticaram Cannavaro por ter trocado a equipe pelo time espanhol há três anos, quando a equipe italiana foi rebaixada por envolvimento num esquema de manipulação de resultados. Outros jogadores, como Alessandro Del Piero e Gianluigi Buffon, permanecerem no time para disputar a 2a divisão.

Um pequeno grupo de torcedores protestou em jogos recentes contra a volta de Cannavaro, após dirigentes do clube terem admitido que estavam em negociação com o jogador, eleito o melhor do mundo e da Europa em 2006.

"Tenho certeza que posso convencer até mesmo os torcedores mais céticos com o meu trabalho duro, profissionalismo e paixão", disse o campeão do mundo com a Itália em 2006.

Cannavaro conquistou dois títulos italianos na Juve, mas ambos foram cassados devido à manipulação de resultados.

O time de Turim, que demitiu o técnico Claudio Ranieri na segunda-feira e corre o risco de perder a vaga automática na próxima Liga dos Campeões a duas rodadas do final da Série A, também espera contratar o meia Diego do Werder Bremen.

A imprensa alemã afirmou que o acordo seria de 29 milhões de euros (39,5 milhões de dólares), mas o diretor do Werder Klaus Allofs disse que a transferência ainda não está fechada.

"Ainda há questões em aberto que precisam ser resolvidas", disse Allofs à repórteres em Istambul, onde o Werder disputará na quarta-feira a final da Copa da Uefa contra o Shakhtar Donetsk.

Allofs afirmou que qualquer decisão só será tomada depois da final da Copa da Uefa, que Diego não jogará por estar suspenso.

Com grandes atuações, o brasileiro, de 24 anos, liderou o Werder até as finais das Copas da Uefa e da Alemanha. Ele chegou a despertar o interesse do Bayern de Munique, que no entanto abandonou as negociações na semana passada.

Reportagem adicional de Karolos Grohmann

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below