Matuzalém terá de pagar 12 milhões de euros ao Shakhtar

terça-feira, 19 de maio de 2009 14:54 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O meia brasileiro Matuzalém e o Real Zaragoza foram condenados a pagar o Shakhtar Donetsk em quase 12 milhões de euros (16,35 milhões de dólares) por quebra de contrato, disse a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) nesta terça-feira.

O meia, que começou a carreira no Vitória, assinou um contrato de cinco anos com o clube ucraniano em 2004 mas em julho de 2007 informou o Shakhtar que estava rompendo unilateralmente o acordo. O jogador, então, se juntou ao Zaragoza antes de se transferir por empréstimo para a Lazio nesta temporada.

O Shakhtar recorreu à Fifa e exigiu o pagamento de 25 milhões de euros, multa prevista no contrato em caso de rescisão.

O caso foi para à CAS com o jogador e o Zaragoza argumentando que o Shakhtar deveria receber apenas 2,3 milhões de euros.

A corte, sediada na Suíça, estipulou um valor intermediário, eliminando o salário que o Shakhtar não teve que pagar, entre outros fatores.

"Real Zaragoza é igualmente e tão responsável para o pagamento do acordo mencionado", acrescentou o comunicado da CAS.