Maiôs de Bernard e Bousquet são reprovados pela Fina

terça-feira, 19 de maio de 2009 16:43 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Os maiô tecnológico usado pelo francês campeão olímpico Alain Bernard ao quebrar o recorde mundial dos 100 metros livre no mês passado não está incluído em uma lista dos equipamentos aprovados pela Federação Internacional de Natação nesta terça-feira.

A lista com 202 maiôs aprovados pela Fina não inclui o Arena X Glide usado por Bernard quando ele quebrou o recorde dos 100m no mês passado, ao se tornar o primeiro homem a registrar tempo inferior à barreira dos 47s, com 46s94.

A lista também não contém o Jaked 01 usado por Frederick Bousquet ao quebrar o recorde mundial dos 50m livre no mesmo Campeonato Francês, em abril.

A Federação Francesa de Natação (FFN) disse que estes maiôs serão proibidos no país a espera de novos esclarecimentos da Fina.

"No atual contexto, a espera de mais explicações da Fina, e como precaução, todos as competições organizadas em território nacional terão que ser realizadas com um dos maiôs aprovados pela Fina", disse a FFN em comunicado.

"A FFN vai acompanhar de perto a implementação das medidas (da Fina) na ratificação dos recordes mundiais registrados durante o Campeonato Francês em Montpellier e se esforçará para que as performances de seus atletas sejam ratificadas", acrescentou a FFN.

Alarmada por mais de 100 recordes mundiais batidos nos últimos 18 meses, a maioria de nadadores vestindo maiôs tecnológicos, a Fina decidiu reavalir os padrões dos maiôs.

"Após receber 348 maiôs de 21 indústrias, o Executivo da Fina decidiu o seguinte: 202 maiôs foram aprovados, 10 maiôs foram rejeitados por não passarem nos testes de flutuabilidade e/ou espessura".

A Fina disse que 136 outros maiôs necessitam ser modificados para atingir os requisitos exigidos, entre eles que "o material dos maiôs não seja fabricado ou inclua elementos/sistemas que criem efeitos no ar/água quando usados".

(Reportagem de Karolos Grohmann)