Barrichello lidera treino inicial em Mônaco; Massa é o 2o

quinta-feira, 21 de maio de 2009 10:31 BRT
 

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - O brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, ofuscou na quinta-feira o seu colega de equipe Jenson Button, líder do Mundial da Fórmula 1, e fez o melhor tempo no primeiro treino para o GP de Mônaco.

Piloto com mais participações em GPs na história, Barrichello completa 37 anos no sábado. Na calorosa e ensolarada manhã monegasca, ele percorreu as apertadas ruas do principado em 1min17s189, seguido pelo compatriota Felipe Massa, da Ferrari, 0s310 segundo atrás.

Button, que está 14 pontos à frente de Barrichello no Mundial, depois de vencer quatro das cinco primeiras provas, foi apenas o oitavo melhor, a 0s891 do líder.

O treino de sexta-feira tem pouca relevância, especialmente em Mônaco, onde os carros disputam cada palmo das curvas fechadas. Mas o resultado deve dar ânimo a Barrichello, depois da frustração de acabar cedendo a Button a vitória no GP da Espanha.

Vivendo uma temporada ruim, as potências Ferrari e McLaren recuperaram em Mônaco parte do seu brilho. Além de Massa, que subiu ao pódio em Mônaco em 2007 e 2008, a quinta-feira foi positiva também para o atual campeão Lewis Hamilton, da McLaren, vencedor da prova em 2008, que ficou em terceiro lugar, e para seu companheiro Heikki Kovalainen, que foi o quarto.

Kimi Raikkonen, o outro ferrarista, ficou em quinto, à frente dos dois pilotos da Williams, Kazuki Nakajima e Nico Rosberg.

Já a Toyota não repetiu o bom desempenho de outros circuitos neste ano. Jarno Trullli, vencedor de Mônaco em 2004 com uma Renault, foi o último colocado. Seu companheiro Timo Glock foi o 19..

A BMW-Sauber também foi mal, ocupando a 16a e 17a colocação, com Robert Kubica e Nick Heidfeld, respectivamente.

Sebastian Vettel, da Red Bull, único piloto além de Button a ter vencido neste ano, teve problemas de motor.

 
<p>Brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP de F&oacute;rmula 1, durante o treino em M&ocirc;naco. 21/05/2009. REUTERS/Max Rossi</p>