26 de Maio de 2009 / às 19:48 / em 8 anos

Manchester confirma Ferdinand; Barça deve ter Henry e Iniesta

Por Mark Meadows

ROMA (Reuters) - O zagueiro Rio Ferdinand, do Manchester United, foi liberado para disputar a final da Liga dos Campeões na quarta-feira, enquanto o Barcelona provavelmente poderá contar com Thierry Henry e Andrés Iniesta.

Multidões de torcedores já desembarcam sem arruaça em Roma e começam a lotar as "piazzas" da Cidade Eterna. Enquanto isso, os dois times finalistas treinavam descontraidamente no Stadio Olímpico, após mais um dia de forte calor.

A previsão para quarta-feira é de mais calor na hora da partida, marcada para começar às 15h45 (hora de Brasília). Todos os 67 mil ingressos estão vendidos.

A presença de Lionel Messi, do Barça, e de Cristiano Ronaldo, do Manchester, gera a perspectiva de que será uma partida entre dois times que adoram atacar, ao contrário da cautelosa semifinal do ano passado, quando o Manchester se deu melhor contra o Chelsea nos pênaltis.

"Quero que os jogadores se sintam bem, se sintam bonitos, como que jogando diante do mundo todo", disse o treinador do Barcelona, Pep Guardiola, em entrevista coletiva. "Quero que sejam ousados, e quero que mostrem ao mundo como somos bons. Essa é a nossa atitude."

LESÃO SUPERADA

Ferdinand se recuperou de uma lesão na panturrilha e afirmou estar ansioso com o jogo. "A contusão está bem. Tenho treinado nos últimos dois dias com o time e me sinto bem", afirmou o zagueiro, alertando que "pode ser perigoso defender lá atrás contra jogadores tão talentosos".

A tarefa será ainda mais difícil caso os campeões espanhóis contem com o meia Iniesta, que tem uma lesão na coxa, e com o atacante Henry, que machucou o joelho.

"Acho que eles estarão amanhã. Estou confiante", disse Guardiola, 38 anos, em seu primeiro ano no cargo.

Seu veterano colega do Manchester, Alex Ferguson, disse que o campeão inglês pode obter um sucesso ainda maior desde que conseguiu seus famosos três títulos há exatos dez anos.

O time pretende se tornar o primeiro bicampeão consecutivo da Liga dos Campeões desde o início da competição, na temporada 1992-93.

"Quando você junta um monte de jogadores talentosos e que não querem perder, você está falando de um time especial", disse o treinador escocês, que ficou feliz com o fato de o time repetir o uniforme de listras brancas, com o qual derrotou o Barça na final da Copa dos Campeões em 1991.

Outro fator de estímulo para o Manchester é que na terça-feira se comemora o centenário do falecido Matt Busby, técnico do time campeão europeu de 1968. Enquanto os times treinavam, uma gigantesca imagem do rosto dele, montada com cartões, foi colocada em parte das arquibancadas do Olímpico de Roma.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below