Uruguai diz que partida com Brasil é difícil e motivante

quinta-feira, 28 de maio de 2009 17:30 BRT
 

MONTEVIDÉU (Reuters) - O treinador da seleção uruguaia, Oscar Tabárez, disse nesta quinta-feira que o duelo de sua equipe contra o Brasil pela próxima rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 será tão difícil quanto motivante.

A partida será disputada em Montevidéu no dia 6 de junho.

"Ao Brasil sempre se associa o bom futebol de ataque, a velocidade, a espetacularidade. A expressão deste Brasil é um pouco distinta mas com muitos pontos a favor (...) Brasil é uma equipe perigosa, muito difícil", disse Tabárez a jornalistas de agências internacionais.

"Há uma rivalidade por uma história muito especial (...) Uruguai sempre foi uma equipe dura para o Brasil e isto formou uma tradição (...) Mas para nós é uma partida tão difícil quanto motivante", acrescentou.

Para o confronto contra o Brasil, os uruguaios não poderão contar com o zagueiro e capitão Diego Lugano e o meia Cristian Rodríguez. Já os atacantes Diego Forlán e Luis Suárez estão garantidos.

O Uruguai, bicampeão mundial e duas vezes campeão olímpico, ocupa o quinto lugar na classificação das eliminatórias, com 17 pontos.

O Brasil, pentacampeão do mundo, é o segundo, com 21 pontos.

A história da rivalidade vem de 1950, quando os uruguaios derrotaram o Brasil e conquistaram o Mundial no estádio do Maracanã ante o anfitrião, que era favorito.

No torneio continental rumo ao Mundial de 2010, na África do Sul, o Paraguai lidera com 24 pontos, o Chile é o terceiro com 20 e a Argentina está na quarta posição com 19 pontos.

Os quatro primeiros classificados nas eliminatórias se classificam diretamente à Copa, enquanto que o quinto disputa repescagem contra um rival da Concacaf.

(Reportagem de Conrado Hornos)