Berlusconi diz que será difícil manter Kaká no Milan

terça-feira, 2 de junho de 2009 18:45 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O Milan terá dificuldades em manter o meia Kaká na equipe, disse o dono do clube italiano, Silvio Berlusconi, na terça-feira, apesar de o jogador ter afirmado sua disposição de seguir no time.

O Real Madrid, cujo novo presidente, Florentino Pérez, é admirador de longa data do jogador de 27 anos, e o Chelsea, que acabou de contratar o ex-técnico do Milan Carlo Ancelotti, estariam interessados no jogador segundo informações da imprensa.

"Não sei se poderemos manter Kaká no Milan, porque eles oferecessem muito dinheiro por ele", disse Berlusconi, que também é primeiro-ministro da Itália, a jornalistas.

O presidente-executivo do Milan, Adriano Galliani, que disse que o clube sofre com problemas econômicos ao anunciar o ex-jogador Leonardo como técnico da equipe, está em Madri, mas o Milan minimiza as especulações em torno de uma transferência.

"O presidente-executivo do Milan, Adriano Galliani, está em Madri somente e exclusivamente porque foi convidado para o jantar da eleição de Florentino Perez como novo presidente do Real Madrid", disse o clube italiano em comunicado.

(Reportagem de Mark Meadows)

 
<p>Kak&aacute;, durante treino da sele&ccedil;&atilde;o brasileira em Teres&oacute;polis, Berlusconi, dono do Milan, disse que ser&aacute; dif&iacute;cil manter o meia brasileiro no clube. REUTERS/Sergio Moraes</p>