June 6, 2009 / 9:19 PM / 8 years ago

Brasil faz 4 x 0 e vence no Uruguai após 33 anos

4 Min, DE LEITURA

<p>Kak&aacute; comemora gol marcado na vit&oacute;ria do Brasil por 4 x 0 sobre o Uruguai em Montevid&eacute;u, em jogo pelas eliminat&oacute;rias para a Copa do Mundo neste s&aacute;bado.Pablo La Rosa</p>

MONTEVIDÉU (Reuters) - A seleção brasileira derrotou o Uruguai por 4 x 0 neste sábado, em Montevidéu, conquistando a primeira vitória em território uruguaio desde 1976, graças aos gols de Daniel Alves, Juan, Luís Fabiano e Kaká.

Com o resultado, o time do técnico Dunga assumiu temporariamente a liderança das eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Os brasileiros atingiram 24 pontos, o mesmo que o Paraguai, que ainda joga contra o Chile em casa pela 13a rodada, enquanto os uruguaios permanecem com 17 pontos e ficam em situação complicada em busca da classificação para o Mundial da África do Sul.

"Foi muito bom. Eu costumo dizer que a gente tem que igualar na pegada porque com a bola no pé, tecnicamente, a seleção brasileira é a mais forte do mundo", disse o goleiro Júlio César, que fez boa partida.

"Essa vitória nos dá muita moral", acrescentou o volante Felipe Melo.

O Brasil começou o jogo com Júlio César, Daniel Alves, Lúcio, Juan e Kléber; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano e Kaká; Robinho e Luís Fabiano.

E logo aos 12 minutos a equipe abriu o placar. Daniel Alves, que substituiu o titular Maicon -ainda se recuperando de lesão sofrida no final de março pela seleção - chutou de longe e o goleiro Vieira falhou.

Três minutos depois, Martínez chegou a marcar pelo Uruguai, mas o lance foi anulado por impedimento. A pressão uruguaia continuou e por duas vezes Daniel Alves salvou perto do gol.

Apesar de o Uruguai ter mais posse de bola, o Brasil foi mais eficiente. Aos 35 minutos, após cobrança de escanteio de Elano, o zagueiro Juan cabeceou e o goleiro defendeu. Na sequência do lance, o jogador da Roma teve nova chance de cabeça e desta vez a bola entrou: 2 x 0.

Os uruguaios responderam aos 39 minutos, quando Pereira apareceu sozinho na frente do gol brasileiro e Júlio César desviou para escanteio. Aos 44 foi a vez de Suárez tentar e novamente o goleiro do Brasil fez a defesa.

No segundo tempo, os brasileiros voltaram a marcar logo no início. Aos 7 minutos, Luís Fabiano recebeu passe pela direita e chutou alto e forte para ampliar o marcador.

O atacante do Sevilla teve mais duas oportunidades para ampliar, mas na primeira a bola saiu e na segunda tentativa o goleiro uruguaio defendeu. Em seguida, aos 20 minutos, Luís Fabiano acabou expulso ao receber o segundo cartão amarelo por simular um pênalti, de acordo com o árbitro Saúl Laverni.

Foi neste momento que Dunga fez a primeira substituição: Ramires entrou na vaga de Elano.

A equipe brasileira continuou melhor e fez o quarto gol, de pênalti, sofrido e cobrado por Kaká aos 29 minutos.

Aos 40 minutos, após o Uruguai desperdiçar duas boas chances, Júlio Baptista e Josué entraram nas vagas de Kaká e Robinho. Logo depois, o Uruguai perdeu um jogador expulso, Maxi Pereira, por falta violenta em Ramires.

Aos gritos de olé, os brasileiros tocaram bola e curtiram uma vitória histórica.

A última vitória da Seleção Brasileira em Montevidéu havia acontecido no dia 25 de fevereiro de 1976, no estádio Centenário, em partida da Taça Atlântico e Copa Rio Branco, segundo a Confederação Brasileira de Futebol. Na ocasião, o Brasil ganhou dos uruguaios por 2 x 1, com gols de Nelinho e Zico. Nenhum jogador da seleção era nascido na época do jogo. Gilberto Silva nasceu no dia 10 de outubro daquele ano.

O Brasil volta a jogar pelas eliminatórias na quarta-feira, no Recife, diante do Paraguai.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below