México não está tão mal quanto parece, diz técnico da seleção

domingo, 7 de junho de 2009 18:09 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A posição do México nas eliminatórias da Copa do Mundo não é tão ruim quanto parece, disse o técnico Javier Aguirre neste domingo, insistindo que o time recebeu um golpe duro no sorteio do grupo de que faz parte.

Derrotado por 2 x 1 por El Salvador no sábado, na primeira partida da volta de Aguirre ao cargo, o México caiu para quinto de seis times na etapa final da eliminatória da Concafe, com somente três pontos em quatro jogos.

O time precisa terminar entre os três primeiros para se classificar automaticamente para a África do Sul, e um quarto lugar forçaria a uma decisão em partidas de ida e volta contra o quinto colocado sul-americano, atualmente o Uruguai.

Aguirre, que tirou o México de um drama parecido na temporada 2001-02, disse que sua equipe, que perdeu as três partidas fora de casa em seu grupo, vai jogar quatro de seus últimos seis jogos em casa.

"É difícil para qualquer um vencer fora de casa", teria dito ele ao site da Federação Mexicana de Futebol.

"O grupo nos deu três jogos fora em nossas quatro primeiras partidas, enquanto El Salvador jogou três de seus quatro jogos em casa."

"O calendário do grupo e a falta de vitórias em casa colocaram a corda no nosso pescoço", completou.

"Estou convencido de que vamos estar na Copa do Mundo, mas a situação na tabela não ajuda. Não é agradável olhar estatísticas assim."

Apesar da penúltima posição na classificação, o México está somente dois pontos atrás do terceiro colocado El Salvador.