11 de Junho de 2009 / às 00:04 / 8 anos atrás

Holanda e Inglaterra seguem 100%; Rússia também vence

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - A Holanda e a Inglaterra continuaram colecionando vitórias nas eliminatórias da Copa do Mundo nesta quarta-feira, que viu a Sérvia dar um grande passo rumo à próxima edição do torneio, na África do Sul.

A Rússia também impressionou, com a volta do técnico Guus Hiddink ao cargo internacional em uma vitória por 3 x 0 na Finlândia, que mantém a equipe encostada na Alemanha.

Os holandeses, que se tornaram no sábado a primeira equipe europeia a garantir a vaga na próxima Copa, despacharam a Noruega por 2 x 0 em Roterdã e soma agora sete vitórias no grupo 9. Andre Ooijer e Arjen Robben marcaram os gols.

Quase 60 mil torcedores enfrentaram a greve no metrô de Londres para assistir à goleada de 6 x 0 da seleção do país contra Andorra pelo grupo 6. Foi a maior vitória da Inglaterra em Wembley em quase 10 anos.

Como a Holanda, a Inglaterra tem cem por cento de aproveitamento, com 21 pontos, mas ainda precisa de uma vitória para carimbar a classificação para a Copa. Wayne Rooney e Jermain Defoe fizeram dois gols cada para o time de Fabio Capello, que também viu Frank Lampard e Peter Crouch chegarem às redes.

“O clima está muito bom na equipe”, disse David Beckham, que começou pela centésima vez uma partida pela Inglaterra, à ITV. “É fácil falar quando você está ganhando, mas era assim antes de começarmos essa campanha.”

A Inglaterra agora exibe 10 pontos de vantagem para Croácia e Ucrânia, que venceu o Cazaquistão por 2 x 1 e mantém viva a esperança de ir aos mata-matas reservados aos segundos colocados.

A Sérvia está cada vez mais perto da classificação automática com a vitória por 2 x 0 sobre as Ilhas Faroe. Com dois jogos a mais, os sérvios aumentaram a vantagem sobre os franceses no grupo 7 para oito pontos.

Milan Jovanovic e Neven Subotic marcaram para os sérvios, cuja próxima partida é contra a França em setembro, em casa.

Hiddink, que há menos de duas semanas completou um período temporário no Chelsea com a conquista da Copa da Inglaterra, viu a Rússia superar a Finlândia em Helsinque e colocar pressão sobre os alemães, que não atuaram nesta rodada.

Os dois tentos de Alexander Kerzhakov colocaram a Rússia com 15 pontos em seis partidas, um a menos que a Alemanha e cinco à frente da Finlândia.

A Suécia se recuperou da derrota em casa no fim de semana para a Dinamarca e venceu Malta por 4 x 0 em Gotemburgo. No entanto, a chance de conseguir o segundo lugar no grupo 1 ainda é remota.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below