Lista com 13 equipes para F1 em 2010 causa mais polêmica

sexta-feira, 12 de junho de 2009 15:53 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - As equipes de Fórmula 1 e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) continuavam a se desentender na sexta-feira depois da publicação de uma polêmica lista de inscrição para 2010 que inclui todas as 10 equipes atuais, assim como novatas dos EUA e da Espanha.

A FIA deixou claro em um comunicado que o impasse sobre as regras para o ano que vem está longe de chegar ao fim.

A entidade disse que Brawn GP, BMW-Sauber, McLaren (do campeão Lewis Hamilton), Renault e Toyota tinham inscrições apenas provisórias e ainda poderiam ficar de fora, caso não se chegue a um acordo até a próxima sexta-feira.

Elas foram "convidadas a suspender suas condições" após mais discussões, com outras possíveis iniciantes aguardando para entrar no esporte caso não haja acordo.

A espanhola Campos Grand Prix, a U.S. F1 (com sede nos EUA) e a britânica Manor Gran Prix foram as estreantes confirmadas.

"Nossa ambição é primeiro de tudo provar que podemos projetar e construir um carro nos Estados Unidos, diferentemente da Europa que é o lugar comum, e sermos competitivos como uma equipe americana", disse o diretor da U.S. F1, Peter Windsor.

Entre as não selecionadas estão a Prodrive, apoiada pelo Kuweit, a Lola e outras que buscavam renovar os nomes Brabham e Lotus.

FERRARI EM FÚRIA   Continuação...