Competição rival à F1 é opção real, diz chefe da Ferrari

sábado, 13 de junho de 2009 15:05 BRT
 

LE MANS, França (Reuters) - As montadoras participantes da Fórmula 1 estão prontas para criar uma competição rival se os organizadores não aceitarem suas exigências para as regras do próximo ano, afirmou o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, neste sábado.

"Definitivamente esta situação será resolvida de uma forma ou de outra", disse ele a repórteres no início das 24 horas de Le Mans.

"Ou corremos pela Fórmula 1 com as características que queremos manter ou haverá uma alternativa."

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) publicou uma lista de inscrições para 2010 na sexta-feira que inclui todas as atuais equipes.

No entanto cinco delas eram provisórias, enquanto a Ferrari, que tem dito que não correrá no próximo ano a menos que suas condições sejam aceitas e o teto de orçamento abandonado, foi considerada como participante confirmada apesar disso.

"Queremos estabilidade, regras claras, um sistema claro e transparente de direção e a possibilidade de deixar as equipes trabalharem para cortar custos como elas já demonstraram", afirmou Montezemolo.

"Eu realmente espero encontrar uma solução. Estou certo de que há pessoas responsáveis na FIA que entendem a situação."

Ele disse mais tarde à televisão Sky, da Itália: "Se for necessário, as grandes montadoras estão prontas para organizar um campeonato mundial alternativo."

Montezemolo, convidado de honra para a clássica corrida na França, afirmou que um retorno da Ferrari à prova de Le Mans é uma possibilidade.

"Uma Ferrari em Le Mans? Por que não?", disse ele. "Se não pudermos mais correr na Fórmula 1 essa seria definitivamente uma opção."

(Por Mark Meadows em Milão, reportagem adicional de Bertrand Boucey em Paris)

 
<p>Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari. 05/03/2009. REUTERS/Denis Balibouse</p>