Hotel da seleção egípcia é assaltado na África do Sul

sexta-feira, 19 de junho de 2009 15:12 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - Os jogadores do Egito voltaram da surpreendente vitória sobre a Itália na Copa das Confederações e descobriram que alguns dos quartos de hotel onde estavam hospedados tinham sido arrombados, informou a polícia sul-africana nesta sexta-feira.

"A polícia pode confirmar que por volta de 1h00 (horário local) desta manhã, sexta-feira, 19 de junho de 2009, integrantes do time egípcio informaram que suas carteiras com dinheiro desapareceram de seus quartos de hotel", disse a porta-voz da polícia Sally de Beer em um comunicado.

"Cinco integrantes do time foram afetados. Deve ser enfatizado que eles não estavam presentes nos quartos no momento do incidente", afirmou a polícia.

"O serviço de polícia sul-africano tomará todas as medidas possíveis, incluindo entrar em contato e pedir a colaboração de outros jogadores, para prevenir a repetição de um incidente desta natureza."

O time do Egito, que venceu a Itália por 1 x 0 na quinta-feira, está hospedado no Protea Hotel Wanderers, em Johanesburgo. Em um comunicado, a empresa afirmou: "O Protea Hotels tem tomado medidas de segurança severas, com controle de acesso eletrônico aos quartos e cofres monitorados."

"Nós estamos trabalhando com as autoridades locais da lei para descobrir a fundo este incidente infeliz."

O alto índice de crimes na África do Sul é um dos principais desafios enfrentados pela organização da Copa do Mundo de 2010, e a Copa das Confederações é vista como o mais importante ensaio para o evento.

(Reportagem de Gordon Bell)