Valencia decide segurar atacante Villa no elenco

sexta-feira, 19 de junho de 2009 16:31 BRT
 

MADRI (Reuters) - O Valencia decidiu não vender o atacante David Villa, a não ser que apareça uma oferta "escandalosamente" grande, disse nesta sexta-feira o presidente do clube, Manuel Llorente.

O empresário do jogador da seleção espanhola, José Luis Tamargo, já havia revelado a decisão do Valencia, que segundo ele ocorreu após negociações com três clubes que ele não quis identificar.

"Acreditamos que o Villa é o melhor atacante da Europa e temos sorte de tê-lo no Valencia, então vamos lutar para mantê-lo", disse Llorente em entrevista coletiva.

Villa, que atualmente está na África do Sul com a seleção da Espanha para a Copa das Confederações, havia sido fortemente associado ao Real Madrid. A mídia também havia publicado o interesse de Barcelona e Chelsea no jogador, cujo valor oscila entre 40 e 50 milhões de euros.

Ele foi o artilheiro da Eurocopa 2008 com quatro gols, mas não jogou a final vencida por 1 x 0 contra a Alemanha por uma contusão. Desde então, ele se tornou um dos maiores goleadores do país com 30 gols, 14 atrás de Raúl, com 44 tentos.

(Reportagem de Ian Rogers)