Contusão de Nadal causa preocupação na Espanha

sábado, 20 de junho de 2009 13:40 BRT
 

MADRI (Reuters) - A decisão do atual campeão de Wimbledon, Rafael Nadal, de não disputar o torneio deste ano por causa de um problema no joelho causou mais preocupação na Espanha sobre a potencial ameaça que isso representa para sua carreira.

Javier Martinez, do jornal El Mundo, disse que o anúncio de Nadal na sexta-feira informando que não poderia defender o título reviveu o debate sobre o estilo agressivo e atlético do espanhol jogar e os danos que isso pode causar ao seu corpo.

A forte pressão que ele coloca sobre seus músculos e juntas está em contraste com a elegância do suíço número 2 do mundo, Roger Federer, escreveu Martinez.

Mas ele notou que depois de ficar fora da Masters Cup e da equipe espanhola que conquistou a Copa Davis diante da Argentina por causa de contusão, Nadal teve um retorno avassalador e registrou o melhor início de temporada de sua carreira em 2009.

"Agora a temporada de quadra dura está se aproximando, que é a superfície mais prejudicial aos seus movimentos exaustivos", escreveu ele. "Mas, se ele for capaz de recarregar suas baterias, cuidado."

Neus Yerro, correspondente de tênis do jornal esportivo com sede em Barcelona, disse que foi motivo de preocupação o fato de Nadal ter admitido estar estafado mentalmente também.

"Palavras preocupantes, porque se há algo em que ele se destacou muito na carreira foi em sua força mental, superior a seus rivais", escreveu Yerro.

Joan Solsona, do Jornal Marca, elogiou Nadal por se esforçar para se recuperar e disse que ele agora precisa entrar em forma mental e física para a temporada de quadras duras nos Estados Unidos.

"Nadal atingiu o auge do tênis mostrando qualidades como caráter vencedor e força mental capaz de superar qualquer adversário", escreveu Solsona.

"Ele tem de redescobrir essas qualidades para enfrentar a segunda metade do ano com o desejo de alcançar alguns grandes sucessos."

(Reportagem de Iain Rogers)

 
<p>A decis&atilde;o do atual campe&atilde;o de Wimbledon, Rafael Nadal, de n&atilde;o disputar o torneio deste ano por causa de um problema no joelho causou mais preocupa&ccedil;&atilde;o na Espanha sobre a potencial amea&ccedil;a que isso representa para sua carreira. REUTERS/John Voos</p>