Sem o campeão Nadal, Federer abrirá o torneio de Wimbledon

domingo, 21 de junho de 2009 16:21 BRT
 

Por Pritha Sarkar

LONDRES (Reuters) - Roger Federer pode se sentir um impostor quando der início ao torneio de Wimbledon na quadra central na segunda-feira.

O suíço de 27 anos recebeu a honra geralmente concedida ao defensor do título depois que seu rival Rafael Nadal se retirou do evento na grama por causa de uma lesão no joelho.

O acontecimento deixou as autoridades em dúvida sobre quem deveria substituir o espanhol.

"Eu não deveria ter o privilégio este ano porque Rafa o merece, mas obviamente estou muito honrado que tenham me escolhido novamente para abrir o torneio," disse à Reuters Federer, cujo reinado de cinco anos em Wimbledon foi encerrado por Nadal em uma final espetacular de cinco sets no ano passado.

Recém coroado campeão em Roland Garros, o que o tornou o sexto homem a completar um grand slam, Federer vai buscar o recorde de 15 títulos de grand slam disputando a primeira partida contra o único asiático da chave, Lu Yen-hsun, de Taiwan.

Os torcedores britânicos, que já antecipam uma final entre Federer e Andy Murray no dia 5 de julho, vão ter que esperar até terça-feira para assistir ao terceiro cabeça-de-chave.

Enquanto isso, podem exercitar as cordas vocais torcendo para a estreante de 15 anos Laura Robson, que conseguiu uma vaga graças à sua atuação na disputa junior um ano atrás.

Ela e sua adversária Daniela Hantuchova receberam a honra de disputar a primeira partida na novíssima quadra dois de 4 mil assentos.   Continuação...