FIA diz a equipes que mudanças para 2010 devem ser unânimes

terça-feira, 7 de julho de 2009 17:56 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) disse às equipes de Fórmula 1 que o regulamento divulgado para 2010 só poderá ser alterado se todas, incluindo as novas escuderias, concordarem.

O site autosport.com informou nesta terça-feira que o presidente da FIA, Max Mosley, escreveu às equipes apontando os procedimentos para alterar as regras.

"O artigo 66 do código internacional de esportes diz que nenhuma mudança pode ser feita nos regulamentos publicados sem o acordo de todos os integrantes confirmados", escreveu Mosley aos três novos integrantes e também à Williams e à Force India.

"Como resultado, mudanças nos regulamentos de 2010 precisam de seu acordo e consentimento".

As cinco equipes não integram a associação das escuderias de Fórmula 1, a Fota, que reúne oito equipes.

Todos os 13 times devem se reunir antes do Grande Prêmio da Alemanha, neste fim de semana, em Nuerburgring, para discutir as regras para 2010.

Os três novos times, Campos Meta, U.S. F1 e Manor Grand Prix, se inscreveram para a próxima temporada em meio às discussões sobre um teto orçamentário opcional de 64,76 milhões de dólares.

As equipes da Fota, lideradas pela Ferrari, ameaçaram um campeonato alternativo mas recuaram quando um acordo foi acertado em encontro com o conselho da FIA em Paris no mês passado.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
<p>Presidente da Federa&ccedil;&atilde;o Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, em Paris. 24/06/2009. REUTERS/Gareth Watkins</p>