Futuro da Fórmula 1 está em risco, dizem escuderias

quarta-feira, 8 de julho de 2009 16:17 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O frágil acordo acertado na Fórmula 1 chegou ao ponto de ruptura nesta quarta-feira após a Ferrari e outras sete equipes terem abandonado uma reunião na Alemanha com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) sobre as regras do próximo ano.

"Os oito times da Fota (Associação das Equipes de Fórmula 1) foram convidados a participar da reunião para discutir as propostas para 2010", disse a FIA em comunicado.

"Infelizmente, nenhuma discussão foi possível porque a Fota abandonou a reunião."

A associação, que ameaçou criar um campeonato alternativo até o anúncio do que parecia ser um acordo em Paris no mês passado, disse em comunicado que o futuro da Fórmula 1 estava mais uma vez sob risco.

Os membros da Fota são o líder do campeonato Brawn GP, a BMW-Sauber, a Ferrari, a McLares, a Red Bull, a Renault, a Toro Rosso e a Toyota.

A sessão técnica, em Nuerburgring, antes do Grande Prêmio da Alemanha no domingo, foi realizada para reunir a Fota, as três novas escuderias para 2010 e a Williams e a Force India, que estão suspensas da Fota.

A FIA disse que o objetivo era selar um acordo com as mudanças no regulamento para 2010, seguindo decisão tomada no mês passado para reverter para a versão das regras em vigor até 29 de abril deste ano.

 
<p>Futuro da F&oacute;rmula 1 est&aacute; em risco, dizem escuderias. REUTERS/Stephen Hird/Files</p>