July 12, 2009 / 4:41 PM / 8 years ago

Barrichello se irrita com a Brawn GP depois de perder corrida

4 Min, DE LEITURA

<p>Rubens Barrichello acusou sua equipe Brawn GP de ter feito ele perder o Grande Pr&ecirc;mio da Alemanha neste domingo e afirmou n&atilde;o querer escutar qualquer desculpa dos colegas.Aly Song</p>

Por Alan Baldwin

NUERBURGRING, Alemanha (Reuters) - Rubens Barrichello acusou sua equipe Brawn GP de ter feito ele perder o Grande Prêmio da Alemanha neste domingo e afirmou não querer escutar qualquer desculpa dos colegas.

Num desabafo extraordinário, o brasileiro disse à TV BBC que a tarde (horário local) tinha sido "um bom show da equipe em como se perder uma corrida".

"Estou terrivelmente chateado em como as coisas andaram hoje", acrescentou o veterano piloto, que liderou a prova num primeiro momento mas terminou em sexto lugar, atrás de seu companheiro de equipe e líder do campeonato, Jenson Button.

"Eu fiz tudo que tinha que fazer. Eu estava em primeiro na primeira curva e depois eles me fizeram perder a corrida", disse Barrichello, que largou em segundo lugar.

"Se for isso realmente, vamos acabar ambos perdendo o campeonato. Eu me sinto mal por mim, pela minha equipe. Para ser bem honesto, eu queria poder entrar no avião e ir para casa. Não quero conversar com ninguém da equipe."

"Vai ser um 'blá, blá, blá, blá' e eu não quero escutar isso", complementou.

O australiano Mark Webber, que largou na ponta pela Red Bull, venceu a prova apesar de ter tomado uma punição de "drive-through" por ter batido em Barrichello quando disputavam a primeira curva na largada.

Webber fez dois pit-stops programados enquanto que Barrichello estava na estratégia de três paradas, com a segunda delas tendo sofrido um problema por conta da mangueira de combustível.

O resultado fez Barrichello cair da segunda para a quarta colocação no campeonato.

O chefe da equipe, Ross Brawn, afirmou que seu piloto falou no calor do momento e antes de ser totalmente informado dos fatos.

"Não foi uma grande corrida para nós e provavelmente nós tentamos forçar demais para compensar a baixa performance", reconheceu ele a jornalistas.

"O rádio dele (Barrichello) não estava perfeito na corrida, ele lutava com isso... Ele não estava escutando. Ele não teve realmente a noção exata do que estava acontecendo", acrescentou.

"Se fôssemos mais rápidos, poderíamos ter ganhado a prova. Mas, estávamos muito lentos", disse Brawn.

"Acho que, quando olhar para todos os números, ele vai entender que estávamos lentos hoje. Não tínhamos capacidade de vencer a corrida. Mark teve um 'drive-through' e mesmo assim ainda estava na nossa frente depois de algumas voltas", destacou.

"Rubens teve o 11o tempo mais rápido da corrida hoje. Você não pode vencer uma corrida, qualquer que seja sua estratégia, se seu melhor tempo de volta for o 11o mais rápido. Esses são os fatos."

O desabafo deste domingo foi o segundo na temporada de Barrichello, que assistiu seu companheiro Button vencer seis das primeiras sete corridas no ano.

Na Espanha, em maio, depois de terminar em segundo lugar, atrás de Button, ele disse que sairia se suspeitasse que a equipe estivesse favorecendo o britânico.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below