Bourdais deixa Toro Rosso e pode dar lugar a adolescente

quinta-feira, 16 de julho de 2009 09:09 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O adolescente espanhol Jaime Alguersuari pode se tornar o mais jovem piloto da história da Fórmula 1 após a Toro Rosso ter perdido a paciência e demitido o francês Sebastien Bourdais na quinta-feira.

A equipe, que corre com motor Ferrari e venceu o Grande Prêmio da Itália no ano passado com o alemão Sebastian Vettel, disse que Bourdais fez no GP da Alemanha, no último domingo, sua última apresentação pela escuderia.

Seu substituto será anunciado em breve, antes do GP da Hungria, na semana que vem.

"No segundo ano de Sebastien conosco, a parceria não supriu nossas expectativas", disse o chefe de equipe Franz Tost. "Assim, nós decidimos substituí-lo a partir da próxima prova do campeonato mundial."

O comunicado não disse quem seria o substituto, mas Alguersuari, 19 anos e recentemente nomeado piloto reserva da equipe, tem sido apontado como o favorito a ficar com a vaga.

Se confirmado para a Hungira, ele fará sua estreia com 19 anos e 125 dias. O recorde atual pertence ao neozelandês Mike Thackwell, que em 1980 participou do GP do Canadá com a Tyrrel aos 19 anos e 183 dias.

Bourdais está em sua segunda temporada na Toro Rosso e foi o primeiro piloto a se retirar da corrida do último domingo em Nuerburgring. Ele tem sido constantemente superado pelo companheiro de equipe, o suíço Sebastien Buemi.

Seu futuro já havia sido colocado em dúvida no ano passado, quando encerrou a temporada com 4 pontos, contra 35 de Vettel. Mas a Toro Rosso decidiu em fevereiro ficar com ele, após ter testado o japonês Takuma Sato.

 
<p>Foto de arquivo do franc&ecirc;s Sebastien Bourdais da Toro Rosso. 24/04/2009. REUTERS/Caren Firouz</p>