Manchester United desiste de jogar em Jacarta após atentados

sexta-feira, 17 de julho de 2009 09:30 BRT
 

Por John O'Brien

KUALA LUMPUR (Reuters) - O Manchester United cancelou a visita que faria a Jacarta, como parte da turnê asiática realizada pelo clube, após o hotel em que a equipe se hospedaria na capital indonésia sofrer um ataque a bomba na sexta-feira.

Os atuais campeões ingleses deveriam jogar contra uma equipe "All Star" da Indonésia na segunda-feira como parte da segunda perna de sua pré-temporada, que também inclui paradas na Malásia, Coreia do Sul e China.

O Manchester cancelou a ida à Indonésia, no entanto, após bombas explodirem nos hotéis JW Marriott e Ritz-Carlton no distrito comercial de Jacarta, matando oito pessoas e ferindo dezenas.

"É um pouco chocante para nós. Recebemos a notícia assim que pousamos", disse o técnico da equipe, Alex Ferguson, em entrevista coletiva no hotel em que o time se hospedou após a chegada em Kuala Lumpur.

"Não havia outra decisão, já que temos que preservar nossos jogadores. Então foi a decisão correta."

Testemunhas disseram que os ataques no Marriott e no Ritz-Carlton, onde o Manchester se hospedaria, ocorreram com minutos de intervalo entre si e aparentemente ocorreram dentro do hotel, dada a forma que as janelas quebraram.

 
<p>Jogadores do Manchester United durante treinamento em Kuala Lumpur. 17/07/2009. REUTERS/Zainal Abd Halim</p>