Blatter aprova proposta conjunta de Bélgica e Holanda para Copa

segunda-feira, 20 de julho de 2009 15:41 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, garantiu nesta segunda-feira à Bélgica e à Holanda que sua candidatura conjunta para ser sede do Mundial é válida apesar de sua preferência pelas propostas individuais.

Contudo, o presidente da entidade que rege o futebol mundial não deu o mesmo respaldo à Espanha e Portugal.

O Japão e a Coreia do Sul organizaram juntos o Mundial de 2002, mas Blatter disse que a Fifa não queria repetir o que, segundo ele, resultou em "dois Mundiais, com dois comitês organizadores, duas línguas, duas moedas e um custo em dobro".

"Isto é totalmente diferente", disse Blatter sobre a candidatura belga-holandesa durante uma visita na qual se reuniu com o comitê organizador do torneio em Bruxelas.

"Uma candidatura da Holanda e da Bélgica deveria ser aceita porque sabemos que há um comitê organizador único", acrescentou.

Blatter, que também visitou o rei da Bélgica, Alberto, e recebeu uma bola de chocolate das mãos do primeiro-ministro do país, descreveu a proposta conjunta de duas nações "importantes" como "atrativa".

Os dois países já foram sede conjunta da Eurocopa de 2000.

Por outro lado, o presidente da Fifa foi menos enfático com a candidatura de Espanha e Portugal.

"Não tenho os detalhes", respondeu quando perguntaram a ele se essa proposta também poderia ser considerada como exceção.   Continuação...

 
<p>Presidente da Fifa, Joseph Blatter, em Bruxelas. 20/07/2009. REUTERS/Thierry Roge</p>