21 de Julho de 2009 / às 19:02 / em 8 anos

Ataque virtual é visto como ameaça aos Jogos de Londres-2012

Por Avril Ormsby

LONDRES (Reuters) - Os organizadores da Olimpíada de Londres estão “muito atentos” à possibilidade de haver ameaças de um ciberataque nos Jogos de 2012, informaram autoridades do Ministério do Interior na terça-feira.

O sistema de venda de ingressos, a rede de transporte e as reservas nos hotéis, além da segurança, estão entre os alvos em potencial.

Um total de 600 milhões de libras (980 milhões de dólares) foi reservado para a segurança, mas funcionários do Ministério do Interior afirmaram que, se a ameaça aumentar, os custos deverão subir.

As autoridades, que falaram sob a condição de anonimato, disseram que um possível ciberataque representa um desafio único, porque o setor permanece em constante mudança, e mais fundos estão sendo dirigidos ao possível problema de ataque aos computadores.

“O desafio geral refletido no mundo virtual é antecipar quais são as ameaças prováveis para daqui a três anos, e as ameaças mudam, o tipo do terrorismo muda e a natureza dos crimes graves também muda, e o mundo virtual em especial é um bom exemplo de ameaça que se modifica”, disse um dos funcionários.

“Acredito que estamos muito atentos à questão virtual e ao fato de que no momento é difícil prever como estará a situação com referência específica aos Jogos de 2012.”

Autoridades da segurança das Olimpíadas também preveem o possível desvio de aeronaves para proteger o espaço aéreo de ataques terroristas, disseram funcionários.

A maior ameaça à segurança dos Jogos é o terrorismo internacional, informou o mais recente relatório “Estratégia de Segurança e Proteção”, do governo.

“Não há evidência atualmente de uma ameaça terrorista a 2012”, disse uma autoridade do Ministério do Interior.

“Mas se vocês observarem os precedentes dos eventos esportivos, e em algum grau dos eventos olímpicos, não seria fantasioso imaginar uma ameaça terrorista a 2012 mais perto da data.”

O comissário assistente da Polícia Metropolitana Chris Allison disse que provavelmente haveria uma ameaça terrorista aos Jogos, mas ressaltou a “longa história de organização de eventos esportivos em segurança” da Grã-Bretanha.

Apesar de o governo britânico ter reduzido na segunda-feira o nível de ameaça do terrorismo internacional de “severo” para “substancial”, o planejamento da segurança dos Jogos será baseado num nível severo de ameaça - o segundo nível mais alto.

O ministro do Interior, Alan Johnson, disse em um comunicado que o planejamento da segurança avança “dentro do tempo e do orçamento”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below