Schumacher não descarta, mas acha improvável substituir Massa

terça-feira, 28 de julho de 2009 13:29 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher não descarta uma volta às pistas para substituir o brasileiro Felipe Massa, mas considera tal hipótese altamente improvável, disse uma porta-voz dele na terça-feira.

"Nestas circunstâncias, ele gostaria de considerar e não apenas dizer ‘não' categoricamente", disse Sabine Kehm.

Mas o agente do ex-piloto, Willi Weber, descartou a possibilidade de que Schumacher volte a disputar corridas aos 40 anos.

"Michael não se sentará em um carro (no próximo GP) em Valencia. Isso está fora de questão", afirmou ele à agência alemã de notícias SID.

Massa deve ficar fora das próximas corridas, ou talvez mesmo de toda a temporada, devido ao grave acidente que sofreu no último sábado na Hungria, quando foi atingido por uma mola que se soltou do carro do compatriota Rubens Barrichello.

"O que esperaríamos de Schumacher se ele entrasse em um carro de Fórmula 1? Vencer. As expectativas de ambas as partes seriam elevadas demais", argumentou Weber.

Ele acrescentou que o alemão poderia testar carros no futuro, mas "para qualquer coisa a mais é um claro ‘não'".

Schumacher se aposentou em 2006 pela Ferrari, e Kehm disse ter a impressão de que o piloto não deseja voltar. "Ele sempre sentiu alívio por não fazer mais parte disso. Nunca senti uma tentação (de voltar) da parte dele."   Continuação...