Massa deixará UTI após dar primeiros passos

quarta-feira, 29 de julho de 2009 11:12 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O piloto da Ferrari Felipe Massa deixará a unidade de tratamento intensivo nesta quarta-feira após dar os primeiros passos desde que sofreu traumatismo craniano em acidente no sábado na Hungria, informou a escuderia italiana nesta quarta-feira.

A Ferrari informou em seu site na Internet que a condição do piloto brasileiro estava melhorando de forma estável no hospital militar AEK, em Budapeste.

"O piloto foi submetido a mais exames, confirmando sua melhora continua", disse a Ferrari em comunicado.

"Felipe conversa, pode se sentar, e até mesmo deu seus primeiros passos. Hoje ele deixará o tratamento intensivo."

Massa foi submetido a uma cirurgia de emergência no sábado após ter sido levado para o hospital às pressas no sábado, após o acidente no treino classificatório para o GP da Hungria de F1. Os médicos classificaram como grave a situação dele.

O piloto de 28 anos foi atingido no capacete por uma mola de metal de quase 1 kg que se soltou do carro do compatriota Rubens Barrichello, da Brawn GP, durante o treino. Aparentemente desacordado, ele bateu na frente na proteção de pneus em alta velocidade.

"Do ponto de vista clínico e radiológico, tudo está indo extremamente bem", disse a Ferrari. "Felipe permanecerá no hospital AEK pelos próximos dias, até que possa ser levado a algum outro lugar."

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, que visitou Massa na segunda-feira quando o brasileiro estava em coma induzido, vai voltar a Budapeste para encontrar-se com o piloto, acrescentou a equipe.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
<p>Dino Altmann, m&eacute;dico pessoal de Felipe Massa, concede entrevista na porta do hospital AEK, em Budapeste, onde o piloto est&aacute; internado desde s&aacute;bado 29/07/2009 REUTERS/Karoly Arvai</p>