Schumacher visita Massa em hospital de Budapeste

sábado, 1 de agosto de 2009 12:56 BRT
 

BUDAPESTE (Reuters) - Michael Schumacher visitou neste sábado o piloto Felipe Massa, da Ferrari, num hospital de Budapeste, um dia depois de ter começado a fazer testes para seu retorno à Fórmula 1 substituindo seu amigo na escuderia italiana.

O heptacampeão mundial -- que ocupará o lugar de Massa enquanto o brasileiro se recupera do traumatismo craniano causado por uma mola que se soltou do carro de Rubens Barrichello, ocasionando sua batida na proteção de pneus durante o treino classificatório para o GP da Hungria, há uma semana -- não conversou com os repórteres.

O ex-chefe da Ferrari Jean Todt, que está surgindo como candidato à sucessão de Max Mosley na presidência da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), também visitou Massa e saiu sem falar com a imprensa.

Dino Altmann, médico pessoal de Massa, disse que a recuperação do brasileiro está de acordo com o esperado e que o piloto deve voltar ao Brasil na segunda-feira, onde continuaria se recuperando.

Altmann, no entanto, não quis fazer uma previsão de quando Massa poderia voltar a correr, mas rebateu as especulações de que o piloto teria sofrido uma contusão no olho esquerdo que atrasaria seu retorno às pistas.

"Não estou preocupado com o olho, ele está bem e não deverá ser um problema", disse Altmann a repórteres em frente ao hospital. "Eu poderia estar mais preocupado com seu cérebro, não com a visão. Ele está indo muito bem em todos os aspectos de sua recuperação."

(Reportagem de Balazs Koranyi)

 
<p>O heptacampe&atilde;o mundial de F1 Michael Schumacher deixa um restaurante ap&oacute;s visitar Felipe Massa em um hospital de Budapeste 1/08/2009 REUTERS/Karoly Arvai</p>