Espero voltar a guiar o mais rápido possível, diz Massa

segunda-feira, 3 de agosto de 2009 08:48 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O piloto Felipe Massa disse que deseja voltar a correr o mais rápido possível pela Ferrari após ter sofrido um grave acidente há nove dias nos treinos para o GP da Hungria de Fórmula 1.

Antes de deixar o hospital em Budapeste onde estava internado e embarcar de volta para o Brasil nesta segunda-feira, Massa concedeu sua primeira entrevista desde o acidente e afirmou que está ansioso para voltar ao cockpit de seu carro.

"Espero melhorar o mais rápido possível e voltar a guiar o mais rápido possível", disse Massa em vídeo exibido no site da Ferrari.

Massa, de 28 anos, sofreu traumatismo craniano após ser atingido acima do olho esquerdo por uma mola de quase 1 kg que se soltou do carro de Rubens Barrichello, da Brawn GP.

O piloto, que ficou em coma induzido e respirando com ajuda de aparelhos após o grave acidente, subiu andando num avião-ambulância nesta segunda acompanhado de sua esposa e do médico particular Dino Altmann.

Massa disse que não se lembra do momento exato do acidente. Após ser atingido pela mola, o piloto, aparentemente desacordado, bateu de frente na proteção de pneus em alta velocidade.

"Me lembro, lógico, pouco. Me lembro que eu estava na segunda classificação, num certo momento eu encontro o Rubinho, que estava até longe do meu carro, e aí não vi mais nada", disse Massa.

"Aí aconteceu tudo aquilo que aconteceu, já vi algumas matérias, algumas fotos daquilo que aconteceu comigo, mas não tenho uma lembrança muito real do que aconteceu."

Massa também aproveitou para agradecer as milhares de mensagens de apoio recebidas de pessoas de todo o mundo e disse que Michael Schumacher, que vai substituir o brasileiro na Ferrari enquanto ele estiver em recuperação, é a melhor pessoa para a posição   Continuação...

 
<p>Piloto da Ferrari Felipe Massa embarca em avi&atilde;o fretado em Budapeste para voltar ao Brasil 03/08/2009 REUTERS/Viktor Veres</p>