Schumacher vai dar aula de direção, diz Ecclestone

terça-feira, 4 de agosto de 2009 12:09 BRT
 

Por Neil Maidment

LONDRES (Reuters) - O retorno do heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher à equipe Ferrari será uma aula para alguns pilotos da categoria, disse o empresário-chefe da F1, Bernie Ecclestone, nesta terça-feira.

"Acho que ele vai dar uma aula a um ou dois pilotos", disse o chefão da F1 em entrevista coletiva.

O alemão de 40 anos deve voltar às pistas no Grande Prêmio da Europa, em Valencia, no dia 23 de agosto. Ele vai ocupar a vaga do brasileiro Felipe Massa, que está em recuperação após o acidente na Hungria há 10 dias.

"Ele obviamente não teria decidido voltar a menos que soubesse que seria competitivo, e Michael é um cara competitivo", acrescentou Ecclestone.

O surpreendente retorno do piloto mais vencedor de todos os tempos da F1, que se aposentou no fim de 2006, foi exaltada por fãs do esporte e vai causar polêmica antes da corrida na Espanha.

Com a volta de Schumacher, o campeão mundial da McLaren Lewis Hamilton e o concorrente ao título da Red Bull Sebastien Vettel -- apelidado de "Baby Schumi" por seus compatriotas -- correrão pela primeira vez contra o piloto que dominou a F1 por uma década.

"Ele sempre foi superpopular, mesmo quando venceu corridas demais e as pessoas começaram a dizer que ele era chato. Ele nunca foi chato e não será chato agora", disse Ecclestone.

"Acho que fiquei tão surpreso como Willi Weber -- seu empresário --, que também não sabia que Schumacher estava voltando. Acho que foi Luca di Montezemolo (presidente da Ferrari) que o convenceu."   Continuação...

 
<p>Foto de arquivo do heptacampe&atilde;o mundial de F&oacute;rmula 1 Michael Schumacher em treinamento da Ferrari. 28/03/2009. REUTERS/Mick Tsikas</p>